expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

16 de jan de 2013

Possibility


Dias frios, olhe em volta, o nada. Cante mais uma vez aquela nossa canção? Os pesadelos voltaram acontecer... Acordo e vejo que o outro lado da cama, está vazio... Eu não consigo viver sem isso. Me alio a dor, pois é ela que me diz que foi real, não, não me diga que é uma nova possibilidade, não é uma possibilidade quando você está longe. É tão difícil, difícil demais dizer que acabou, é como se as coisas perdessem o sentido, como se não existisse chão, estamos em um universo paralelo? Diga! Diga que sim, por que eu não quero acordar sem te ter.


Gabriela Barreto de Souza,
XV

Nenhum comentário:

Postar um comentário