expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

18 de jan de 2013

Algo que precisamos entender!


Eu não me importo mais com seus comentários maldosos, como se eles fossem te engrandecer, como se pisar nas pessoas vão te fazer melhores que ela. Você age como o vento soprasse em apenas uma direção, como se o mundo não desse voltas, como você fosse o centro da galáxia. Você pensa que toda força aplicada sobre algo não tivesse uma reação, como se você pudesse escrever seus próprios roteiros, como se os dias bons, não fossem acabar.
Você não cresce quando faz alguém chorar, você não sobe quando pisa nelas, os ventos mudam de acordo com a estação, um dia vem após o outro e não sabemos o que irá acontecer. E sobre roteiros que criamos: de nada valem se somos incapazes de considerar que o outro precisa de nós.



Gabriela  B. de S
XV

Nenhum comentário:

Postar um comentário