expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

28 de mai de 2013

Máquina


Se ainda não percebeu, as noticias correm, e como você era um singela menina que não sabia nem caminhar sozinha, agora você é uma cruel matadora de zumbis. Mais ou menos como me sinto quando tenho que agir com crueldade, frieza total, ser direta, não envolver meu sentimentos pessoais, acho que é algo quase automático, a pensar deste modo nunca fui assim, e   eu era quase que cosmicamente ligada aos meu sentimentos, e agi sem considerá-los era de fato impossível. Mas aprendemos ser máquinas, é fácil, desligue-se de tudo e vá em frente. É só.


Gabriela Barreto de Souza
XVI

Nenhum comentário:

Postar um comentário